JA Wall - шаблон joomla Форекс

O artigo analisa as possibilidades do surgimento da juventude como ator político no Brasil contemporâneo.

O presente artigo analisa as possibilidades de produção do comum na escola pelas crianças. A escola tem favorecido o desenvolvimento de individualidades centradas em objetivos de auto-realização pessoal e desempenho individual e competitivo. Para além destas identificações que promovem os interesses pessoais e a própria sobrevivência, a convivência com os outros na escola coloca desafios e demandas que possibilitam às crianças se mobilizarem na produção coletiva de sentidos e ações, espaços e territórios. Neste trabalho, a questão do recreio se torna o dispositivo pelo qual as crianças instituem pontos de vista singulares que refletem, ainda que de forma efêmera, pontual e transitória, seu lugar geracional distinto na escola. 

A dimensão estética ganha espaço no cotidiano. Paradoxalmente, a imagem corporal sempre foi motivo de desconfianças, no que diz respeito à construção do conhecimento humano.

Neste relatório procuramos sistematizar as ações realizadas no período 2012 – dezembro de 2014, reunindo as contribuições diversas da comissão de extensão que fortaleceram o trabalho com a comunidade acadêmica da Faculdade de Educação, comunidade externa que participa de programas, projetos, cursos, eventos propostos e ainda a Pró Reitoria de Extensão da UFRJ.

O artigo apresenta panorama do levantamento do conjunto de programas de iniciação científica focados no ensino médio no Brasil, em perspectiva qualitativa e contrastiva, sem pretender análise crítica.

O vídeo introduz a temática de ser criança e jovem em um mundo transformado pela tecnologia, consumo e novas relações e socialidades onde alguns desafios se colocam frente aos quais crianças e jovens assumem posicionamentos e opiniões.

A linguagem é um tema central na psicanálise e está inserida no projeto freudiano através de duas vertentes relacionadas entre si: na fundamentação do método terapêutico, realizado através do discurso, e na formulação do aparelho psíquico.

A palestra “O sofrimento psíquico na infância contemporânea” com o Prof Bernard Golse, psiquiatra infantil e psicanalista, chefe do Serviço de Psiquiatria Infanto-Juvenil do Hospital Necker-Enfants Malades em Paris e professor da Universidade Paris V., realizou-se no dia 01/06/2007, no Instituto de Psicologia da UFRJ – Praia Vermelha, sala 2, às 10hs, com tradução consecutiva de Diana Dadoorian, psicóloga do SPIA/IPUB e Doutora Univ. Paris VIII, e Roberta Simas, psiquiatra infantil, doutoranda Univ. Paris V.

Trata-se de uma obra voltada para a reflexão sobre a formação em ciência e tecnologia no Ensino Médio, dirigida para oferecer subsídios para a análise crítica de políticas públicas voltadas para os jovens e fortalecer iniciativas de pesquisa.

Este capítulo trata de um trabalho desenvolvido a partir do Programa SBPC Vai à Escola, o qual foi criado e realizado pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência – seção Regional do Rio de Janeiro.