JA Wall - шаблон joomla Форекс

O presente artigo pretende pensar a concepção de destino em Freud como conceitoque implica necessariamente uma reflexão acerca da natureza humana, já que se refere à trajetória temporal dos sujeitos. Tal iniciativa, a nosso ver, enriquece uma discussão quanto ao lugar do outro na ação educativa, questionamento indispensável para que uma prática inclusiva seja possível.

O artigo é fruto de uma pesquisa em andamento realizada na interface da psicanálise com a educação. A pesquisa tem como objetivo contribuir para o enfrentamento das dificuldades vividas por educadores e alunos no que diz respeito à instituição escolar através de uma investigação sobre o “mal-estar na escolarização de crianças e adolescentes”.

Os jovens criam representações sobre a cidade a partir dos seus percursos e das relações que estabelecem com as pessoas e com o espaço. A diversidade da cidade pode ser vista como algo negativo, gerando medo e insegurança. Neste artigo, investigamos como os jovens enfrentam os riscos da vida na cidade: que ações e estratégias usam, que espaços elegem frequentar, que sentimentos emergem quando estão em lugares onde se sentem mais ou menos ameaçados.

O curso ocorreu em novembro de 2011 oferecido pelo Instituto de Psiquiatria e Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa para a Infância e Adolescência Contemporâneas.

O artigo é fruto de uma pesquisa realizada na interface da Psicanálise com a Educação. Partindo da constatação de que as condições sociais que sustentam o laço educativo têm sofrido grandes transformações nas últimas décadas, a pesquisa tem como objetivo contribuir para o enfrentamento das dificuldades vividas por educadores e alunos no que diz respeito à instituição escolar e às relações que nela se instauram.

Muitos professores reclamam de falta de respeito e disciplina por parte de seus alunos. Em contraponto ao problema, o programa exibe um documentário que mostra algumas técnicas do livro Aula Nota 10, resultado de uma pesquisa norte-americana que apontou a importância do planejamento para garantir o bom desempenho.

A pesquisa-intervenção parte da premissa básica de que os sujeitos se constituem no âmbito das práticas de significação, sempre numa situação partilhada com outros, sejam adultos ou outras crianças.

O objetivo deste artigo é apresentar uma leitura do surgimento da categoria adolescência, as consequências e desdobramentos que tal perspectiva efetiva na criação de uma cultura de direitos.

A partir de quatro máximas consagradas pelo senso comum em relação à psicanálise, o artigo aborda a relação entre psicanálise educação.

O presente artigo consiste no relato e análise de uma experiência realizada no projeto de extensão da Universidade Federal do Rio de Janeiro intitulado Palavras de Pais, e visa refletir sobre as possíveis relações entre a teoria e a prática na formação de professores.