JA Wall - шаблон joomla Форекс

A partir da categoria infância e na interlocução entre educação e psicanálise, interessa-nos problematizar o campo da subjetivação e do entre quem ocupa o lugar de ensinar e aquele que ocupa o lugar de aprender.

O presente projeto consiste em um estudo longitudinal de casos de crianças e adolescentes encaminhadas ao SPIA/IPUB pela escola com queixas de “dificuldades de aprendizagem” e/ou “agitação”.

O presente projeto consiste em um estudo longitudinal de casos de crianças e adolescentes encaminhadas ao SPIA/IPUB pela escola com queixas de “dificuldades de aprendizagem” e/ou “agitação”.

Este projeto de pesquisa tem como objetivo geral construir linhas e problemáticas de investigação que articulem os processos de globalização e a (des-) (re-)articulação de padrões culturais locais de convivência na vida das crianças e jovens promovendo novos modos de subjetivação, identificações coletivas e individuais e relações sociais.

A pesquisa ‘Sobre jovens e tecnologias: a razão técnica desafia a Educação’ tem como objetivo estudar a relação dos jovens e as tecnologias de informação e comunicação (TICS) identificando e analisando os modos de conviver e conhecer.

O estudo proposto visa analisar a relação entre juventude e os processos de socialização a partir de suas novas configurações, estratégias e valores no âmbito da descentralização das instituições socializadoras como a familia, buscando compreender o papel dos novos agentes socializadores.

A pesquisa pretende analisar como a violência se tornou uma referência fundamental nas formas atuais de subjetivação. Temos como objetivo estabelecer um quadro conceitual que permita fornecer novos elementos para a compreensão da manifestação da violência na juventude, especialmente em relação aos casos de conflito entre grupos e pares de jovens.

O projeto de pesquisa pretende estudar a relação entre as representações de juventude na contemporaneidade e as formações de laços sociais em grupos de jovens. As representações do ‘sujeito jovem’ na atualidade apontam para uma transformação do papel do jovem na sociedade tanto na ordem simbólica, como econômica, social e cultural que vem afetando diretamente as formas de subjetivação e a construção de laço social. Com o proposito de pesquisar as transformações na construção de laços sociais na juventude, teremos como objeto de análise as repúblicas federais estudantis da cidade de Ouro Preto.

Este projeto prevê a recolha de depoimentos de jovens alunos que frequentaram o ensino médio profissionalizante, modalidade normal, em escolas públicas na cidade do Rio de Janeiro, a saber: Colégio Estadual “Júlia Kubistcheck” e Escola Estadual “Carmela Dutra”.

O Ministério da Saúde está convencido de que o investimento em adequação da rede física, de tecnologia, de medicamentos e de insumos é em vão, se os profissionais de saúde não entenderem o que representa o Sistema Único de Saúde (SUS) no cenário da atenção à saúde da população brasileira.